Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

Interacção com o Concurso CRIARTE

   No passado dia 18 de Fevereiro, realizou-se uma sessão respeitante ao Concurso CRIARTE, organizada pela Câmara Municipal de Odivelas e que teve lugar no auditório Caelo, em Odivelas.

Photobucket

   Esta sessão visava a apresentação dos projectos a concurso, a alguns responsáveis de departamentos que, directa ou indirectamente, nos podiam ajudar no desenvolvimento dos nossos projectos.

   Desta forma, vimos esclarecidas algumas dúvidas. O Concurso CRIARTE visa o envolvimento dos jovens, sensibilizando-os relativamente ao seu espírito de cidadania e relativamente à ideia, patente, de desenvolvimento sustentável, sendo uma actividade que tenta implementar na comunidade juvenil a reflexão e a preocupação com o futuro das cidades portuguesas.

   Por outro lado, no que diz respeito à existência de Jardins “Familiares” em Portugal, ficámos a saber que existem e que, inclusive, já foram implementados no Porto e em Almada, por exemplo. Porém, deve-se atribuir uma maior relevância às hortas urbanas, uma vez que são uma hipótese de “combate” ao excesso de urbanização que se tem verificado no concelho de Odivelas.

   Todavia, a construção destas designadas hortas urbanas deve ser complementada com outro tipo de serviços, tais como, cafés, bares, parques infantis, entre outros; tornando essa área numa área atractiva, onde a qualidade é a palavra de ordem. Importante também de referir, é que devem de ser feitos estudos aos solos para melhor se fazer uma gestão do território, não desperdiçando solos propícios para a agricultura, construindo aí uma urbanização, por exemplo. Assim, foi-nos sugerido que víssemos a Carta de Solos, podendo ver a aptidão dos solos do concelho. Segundo nos foi confidenciado, são os solos de Classe A os melhores.

   Mas, apesar da nossa vontade em querer privilegiar o contacto com a natureza nos centros urbanos, foram expostos alguns aspectos fundamentais, de forma a complementar estas áreas. É o caso do tipo de população que se encontra na envolvente, as acessibilidades, a exposição solar, a aptidão dos solos, bem como a existência de certo tipo de serviços, atrás referido, entre outros.

   Na resposta a uma pergunta, soubemos que já houve um projecto, proposto pela Divisão de Parques e Jardins, que tencionava reforçar a existência da prática agrícola em Caneças, no âmbito económico. No entanto, não foi posto em prática.

   Relativamente a sugestões para o desenrolar do nosso projecto, houve quem propusesse o surgimento de uma pequena horta dentro do recinto escolar, mas estando esta aberta à comunidade, podendo cada um usufruir dos seus benefícios.

   É, portanto, evidente que esta sessão foi muito importante para o ganhar de consciência acerca de alguns aspectos que nos tinham passado. Mas, não foi o único momento em que tivemos contacto com este concurso.

 


   No dia 21 deste mesmo mês, organizada pelo CRIARTE, realizámos uma visita à Cascais Natura, mais precisamente, ao Ecoparque do Pisão e à Pedra Amarela.

   Foi proporcionado um contacto mais personalizado com o local, dado que foi-nos mostrado o lugar preciso onde antes era praticada a actividade agrícola e, onde se pretende preservar e promover a biodiversidade.

 

   Mais uma vez, foi constatada a necessidade de combater o excesso de urbanização que temos vindo a presenciar e que, a cada dia que passa se torna ainda mais assustador. É essencial lutar por uma vida regrada, de forma a não existir excessos, isto é, de forma a conciliar o “verde e o cinzento”. Por outro lado, foi evidenciado o concílio de algumas actividades com este espaço. É o caso da existência de desportos radicais, para miúdos e graúdos, transformando uma área entendida como repulsiva, em atractiva.

   No fundo, a ideia chave é conciliar o meio rural com o meio urbano, mas deve prevalecer um respeito pelo meio rural, facto que é esquecido na maioria dos casos.

   Em suma, apenas é possível tirar vantagens deste contacto com o CRIARTE, tendo-nos ajudado bastante na fundamentação do nosso projecto, com a apresentação de algumas formas de potencializar a actividade agrícola dentro de espaços urbanos ou rodeados por espaços urbanos. Desde já, aqui fica o nosso agradecimento.

 

tags:
publicado por canecaspartidas às 20:57
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De paula a 6 de Março de 2008 às 23:51
axo uma optima ideia.

voces tem ideias espetaculares, sontinuem assim, tenho a certexa que o esforço valerá a pena.


Comentar post

.Índice

. Resultados dos Inquéritos

. Terceiro Período

. Avaliação do 2º Período

. Objectivos/ Estratégias p...

. Balanço do 2º Período

.Arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.Links

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Blogue das Canecas Noticiárias

.Blogue das Canecas Poéticas

.Os nossos visitantes...

casino poker
casino poker

.Relógio das canecas

.Comentem...


.Um pouco de Caneças...

.pesquisar

 

.Mais sobre nós

.tags

. todas as tags